O 1º Maio solidário cobra vacina, emprego e fora Bolsonaro

O 1º Maio solidário cobra vacina, emprego e fora Bolsonaro

Geral CTB Geral 04/05/2021

A Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB-BA), Central Única dos Trabalhadores da Bahia (CUT), Força Sindical, União Geral dos Trabalhadores (UGT) e Nova Central, juntas promoveram no último sábado, 1º de Maio - Dia Internacional do Trabalhador, vários atos na Bahia.

As manifestações respeitaram os todos protocolos para prevenção da Covid-19, começou na sexta-feira (30) com a carreata em pró da vacina. No sábado pela manhã o ato foi em frente ao Shopping da Bahia, mostrou aos sindicalistas e a população dados referentes a crise política, sanitária e econômica, que assola o país.  

Ainda, no sábado a manifestação foi no Cristo da Barra, sacos e cruzes fixadas simbolizaram várias vidas perdidas pela Covid. O protesto da população contra a inercia do governo federal foi visto por todos e teve uma grande adesão. Foi instalado na UFBA no bairro de Ondina, um Drive-Thru da solidariedade.

Às 11 horas aconteceu ao vivo nas redes sociais das entidades, um ato político/cultural, com a presença dos presidentes das centrais, parlamentares, dirigentes sindicais e lideranças dos movimentos sociais e populares. As bandeiras de luta deste ano foram: Democracia, emprego e vacina para todos. Na pauta de reivindicações também consta a luta pelo Fora Bolsonaro.

 “Uma data histórica, onde comemoramos nossas vitorias e conquistas, aqui no Brasil, não temos o que comemorar. Vamos cobrar o fim desse governo e auxilio emergencial, por democracia e vacina para todos já. Vamos também, fortalecer o SUS”, desabafou, Pascoal Carneiro, presidente da CTB-BA.

O objetivo das atividades foi mostrar à população que os problemas pelos quais o Brasil está passando, tem relação com a agenda genocida que o governo federal apresenta ao povo brasileiro.