Eleição terá avanço da esquerda e alta taxa de reeleição, diz Lavareda

Eleição terá avanço da esquerda e alta taxa de reeleição, diz Lavareda
O cientista político Antonio Lavareda

Geral CTB Geral 13/11/2020 há 2 semanas

A pandemia de Covid-19 deu grande visibilidade aos prefeitos, sobretudo nas grandes cidades. Na opinião do cientista político Antonio Lavareda, esse cenário favorece a reeleição de gestores no pleito municipal do próximo domingo (15). Segundo Lavareda, a maioria dos prefeitos que disputam um novo mandato deve ter êxito nas urnas. “Estou projetando um percentual de 80% nas maiores cidades, de 75% ou mais nas capitais e de 60% no total dos municípios. Muitos prefeitos ganharam protagonismo por causa da pandemia”, diz.

Em 2016, a taxa de reeleição foi significativamente menor: 47% dos prefeitos que se recandidataram saíram vitoriosos. Nos municípios com mais de 200 mil eleitores, o índice foi de 64%. Mas 2016 foi um ponto fora da curva em relação aos números de 2012 e 2008, por exemplo. As taxas de quatro anos atrás foram atípicas. Para Lavareda, a marca da crítica e da mudança prevaleceu, em 2016, sobre a tendência de manutenção.

Presidente do conselho científico do instituto Ipespe, ele também descarta uma onda direitista similar à de 2018. A seu ver, legendas de centro, como o PSD, devem crescer, enquanto o MDB, por sua penetração nacional, se manterá como partido com mais prefeitos no Brasil. Mas há chances de crescimento da esquerda – e parte desse avanço será relacionado a uma recuperação do PT em relação a seu desempenho quatro anos atrás.

 

Via: Portal Vermelho