Eleição de gestores: uma conquista da APLB para gestão democrática nas escolas

Eleição de gestores: uma conquista da APLB para gestão democrática nas escolas

Geral CTB Geral 18/09/2019 há 1 mês

No próximo dia 19, das 8h às 20h30, em todas as escolas municipais de Salvador, ocorre a Eleição de Gestores da Rede Municipal de Ensino. O pleito é fruto de uma luta da APLB-Sindicato para garantir uma gestão democrática, com a participação da comunidade na escolha dos administradores escolares. A entidade reforça a importância do pleito e convoca a todos os trabalhadores na Educação, além pais e alunos, a participarem da eleição.

Marcos Barreto, diretor da APLB, explica que podem votar trabalhadores da Educação vinculados ao município, entre eles, professores, coordenadores pedagógicos, gestores, professores contratados por meio do Regime Especial de Direito Administrativo (Reda) e também por Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) e alunos maiores de 12 anos. De acordo Marcos, no caso de estudante menor de 12 anos, um dos pais ou um responsável pode votar representando-o, sendo somente 1 voto, por aluno.

“Precisamos que haja um grande comparecimento desses eleitores no dia 19, para que a eleição seja validada, porque há um quórum a ser atingido. Ao mesmo tempo, é de fundamental importância que a comunidade escolar eleja a pessoa que julgar melhor qualificada para dirigir a unidade de ensino”, destacou o dirigente.

A diretora administrativa da APLB, Elza Melo, acrescenta que “este é um processo que conquistamos desde 88, uma vitória da APLB. Mesmo que haja chapa única na escola, é necessário que todos participem, porque essa é uma demonstração do exercício da democracia”.

A escolha de gestores da rede municipal de Salvador é uma eleição de grande porte, onde são escolhidos diretores e vice-diretores em mais de 400 escolas da capital baiana. O processo envolve cerca de 7 mil professores e 140 mil alunos.

Fonte: APLB