Bancos fecham 2.079 postos de trabalho até maio

Bancos fecham 2.079 postos de trabalho até maio

Geral CTB Geral 04/07/2019 há 3 meses

Os banqueiros não têm o que reclamar. Faturam em cima de tarifas e juros abusivos cobrados aos clientes. No primeiro trimestre deste ano, Itaú, Bradesco, BB, Caixa e Santander lucraram quase R$ 25 bilhões. Mas, os bons resultados não impediram que o setor eliminasse 2.079 postos de trabalho entre janeiro e maio. Só em maio, os bancos fecharam 377 vagas.


Os dados são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). Os números deixam claro que nada justifica o fechamento de postos. Os lucros seguem nas alturas e as agências lotadas com serviço precário. As empresas terminaram 2018 com lucratividade na casa dos R$ 85,9 bilhões, alta de 16,2% em relação a 2017, quando o lucro foi R$ 74 bilhões. 


As empresas deveriam adotar postura social, contratar empregados e colaborar para diminuir com a taxa de desemprego do país. Porém, vão na contramão. Inclusive, os bancos estão no topo da lista de apoiadores da reforma da Previdência, proposta do governo que vai acabar com a aposentadoria de milhões de brasileiros. 

 

Bancários da Bahia