Assalariados rurais do Vale do São Francisco debatem reforma da Previdência e trabalho escravo

Assalariados rurais do Vale do São Francisco debatem reforma da Previdência e trabalho escravo

Geral CTB Regional Norte 29/05/2019 há 3 meses

Trabalhadores assalariados do Vale do São Francisco, participaram nesta terça-feira (28), de palestra realizada no auditório do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Juazeiro (STRJ), que discutiu direitos trabalhistas, trabalho escravo e reforma da previdência. O debate foi promovido pela Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais do Estado da Bahia (FETAR-BA), em parceria com a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do estado.

O evento foi dividido em dois momentos: no primeiro, o coordenador da Comissão Estadual para a Erradicação do Trabalho Escravo (COETRAE-BA), Admar Fontes Junior, apresentou o cenário baiano e as operações realizadas nas empresas em áreas rurais e urbanas.

Em um segundo momento da palestra, o Superintendente de apoio e Defesa dos Direitos Humanos, Jones Carvalho debateu a respeito dos prejuízos da reforma da previdência para os trabalhadores/as, em especial da zona rural.

 

                                             

 

De acordo com o representante da FETAR-BA, José Manuel (Zezinho), a realização desse evento, para os trabalhadores do norte da Bahia representa a preocupação das entidades sindicais e federações com os trabalhadores da região.

“ O Vale do São Francisco não tem apresentado registros de resgate de trabalho escravo, mas é uma região que não podemos fechar os olhos. Temos que continuar vigilantes, promovendo diálogos como estes, diretamente com os trabalhadores, para que esse problema não venha a acontecer”, finalizou Zezinho.