CTB-Bahia debate legislação e os desafios do trabalho remoto administrativo nas Universidades Estaduais da Bahia

CTB-Bahia debate legislação e os desafios do trabalho remoto administrativo nas Universidades Estaduais da Bahia

Geral 30/07/2020 há 1 semana

A CTB-Bahia participou na última quarta-feira (29), da live com o tema “Legislação e os desafios do trabalho remoto administrativo nas universidades estaduais baianas, realizada pelo Fórum dos Técnicos.

Participaram da live Daiana Alcântara, presidente do Fórum dos Técnicos; Pascoal Carneiro, presidente da CTB-Bahia, Firmino Júlio, coordenador geral do Sintest/Uneb; Rafael Bertoldo, presidente da Afusc Uesc; Márcio Dias, presidente da Afus Sindicato; Adilson Araújo, presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB-Nacional) e Danilo Ribeiro, assessor jurídico do Sintest-Ba.

“O trabalho remoto não pode precarizar e trazer perdas de diretos.  Não aceitaremos prejuízos e os trabalhadores e trabalhadoras não podem pagar essa conta, afirmou Pascoal Carneiro, Presidente da CTB-Bahia.    

Segundo Adilson Araújo, presidente da CTB-Nacional o trabalho remoto não pode ser análogo à escravidão, “Não vamos permitir retrocessos com esse “novo normal”. Que as mais diversas formas de precarização do trabalho (e da vida) não sejam o caminho a ser trilhado.

O trabalhador precarizado, torna-se um consumidor precarizado, sem dinheiro para consumir e isso engessa o desenvolvimento econômico e social, sem contar, que teremos mais doenças ocupacionais.