GREVE GERAL: Baianos vão as ruas contra a reforma da previdência

GREVE GERAL: Baianos vão as ruas contra a reforma da previdência

Geral 17/06/2019 há 1 mês

Na última sexta-feira (14), o Brasil amanheceu em greve geral, convocada pelas centrais sindicais, com o apoio de organizações sociais e estudantis, da Frente Brasil Popular e da Frente Povo Sem Medo, teve como pauta a defesa do direito de aposentadoria e o repúdio à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/19, da Reforma da Previdência.

                                           

Trabalhadores de diversas categorias, aderiram às paralisações e participaram de atos em todo o país. Em Salvador foram realizadas duas grandes caminhadas, a primeira começou as 6h da manhã, com concentração na Rótula do Abacaxi os participantes caminharam até a à região do Iguatemi.

                                         

No turno da tarde foi realizada uma caminhada do Centro da cidade, com saída do Campo Grande até a praça Castro Alves, com cartazes, faixas e músicas o ato levou quase 60 mil pessoas pelas ruas do centro da cidade.

                                      

O presidente da CTB Bahia Pascoal Carneiro fez uma avaliação da greve geral na Bahia. “Os baianos foram as ruas mostrar mais uma vez que não são a favor desta reforma proposta pelo governo de Bolsonaro, é um sistema que obriga o trabalhador a contribuir sozinho, e por muito mais tempo, para garantir a sua aposentadoria, enquanto o estado e os empresários não contribuem com nada, então iremos continuar nas ruas para barrar reforma”.

Várias cidades da Bahia aderiram a greve geral e realizaram diversos atos, confiram:

Santo Antônio de Jesus

Lauro de Freitas

Caetité

Paripiranga 

Itabuna

Santa Maria da vitória

Camaçari 

Barra do Estiva


Feira de Santana

Juazeiro

Barreiras

 

Marcivaldo Santos, Ascom CTB Bahia