Trabalhadores da construção civil continuam em greve

Geral - CTB Regional Metropolitana - Postada 04 de Abril de 2014

Na tarde de terça-feira (01/04), cerca de quatro mil trabalhadores e trabalhadoras do ramo da construção civil, em Salvador, participaram da assembleia no Largo São Bento junto com a direção do Sintracom-BA, e saíram em passeata pelas ruas do centro da cidade, em protesto a demora dos patrões em apresentar uma proposta decente. Em greve, a categoria decidiu pela continuação, até que os patrões acatem a pauta de reivindicações.

Os operários estão na segunda semana da greve e a categoria está unida e consciente que é preciso lutar para conquistar e avançar nas melhorias. Os trabalhadores reivindicam 10% de reajuste salarial e nos itens econômicos, acréscimo de R$ 40 na cesta básica para todos os trabalhadores, independente do número de empregados, contrato de experiência de 30 dias, correção do piso salarial do cadastrista (tabela Embasa) e manutenção do aviso prévio indenizado, que consta na Convenção Coletiva de Trabalho e os empresários querem retirar. Entretanto, o patronato propõe reajuste salarial de 5,56%, aviso prévio trabalhado e contrato de experiência de 90 dias.

Na SRTE (Superintendência do Trabalho e Emprego), avenida sete, foi feito um ato em protesto a falta de interesse dos patrões em encaminharem uma proposta justa para os trabalhadores. A proposta enviada pela mediação do SRTE, como forma de fechar um acordo, desagradou à categoria e os patrões por sua vez só dariam uma resposta na sexta-feira.

A proposta enviada consta um reajuste de 6% retroativos a janeiro e 2% em julho; é acréscimo de R$ 20 na cesta básica, em 1º de maio. Além da redução do contingente para recebimento de cesta básica para todos os trabalhadores; contrato de experiência e subcontratação seria ajustado durante o ano de 2014. Isso não atendeu os anseios, e os trabalhadores ficam sem opção. Resta continuar a greve e buscar em outra instância uma solução para o impasse.

No SRTE foi feito um minuto de silêncio em homenagem aos 50 anos do golpe militar no Brasil. Aurino Pedreira, presidente da CTB-BA falou da importância de celebrar a conquista do povo brasileiro, através de muita luta, o direito a democracia, livre de um regime ditatorial.

Diversas lideranças estiveram presentes na passeata: Aurino Pedreira, presidente CTB-BA, o vereador do PC do B Everaldo Augusto, Augusto Vasconcelos, vice-presidente do Sindicato dos Bancários, entre outros.

 

Fonte: Sintracom Bahia.


  whatsapp  

Últimas notícias de CTB Regional Metropolitana

Ato do 1º de Maio reúne multidão em Camaçari

Geral - CTB Regional Metropolitana Postada 05 de Maio de 2015

1º de maio unificado leva mais de 6 mil trabalhadores às ruas de Camaçari

Geral - CTB Regional Metropolitana Postada 03 de Maio de 2014

Protesto de trabalhadores marca Dia Mundial da Saúde na Bahia

Geral - CTB Regional Metropolitana Postada 07 de Abril de 2014

Trabalhadores da construção conquistam 8% de reajuste e encerram greve

Geral - CTB Regional Metropolitana Postada 07 de Abril de 2014

Comerciários protestam contra insegurança no shopping Bela Vista

Geral - CTB Regional Metropolitana Postada 03 de Abril de 2014
Ver todas as Notícias de CTB Regional Metropolitana

Enquete

Qual a pior proposta do Temer?


Resultado

Charges

Temer acelera desmonte dos bancos públicos Postada 11 de Outubro de 2017 Charge do Sindicato dos Bancrios de So Paulo Ver todas as charges

Facebook



Rua Democrata,18, 1º andar, Dois de Julho - Salvador -Bahia. CEP. 40060-107.
© Copyright CtbBahia - Todos os direitos reservados - imprensa@ctbbahia.org.br
Tel (71) 3012-5390