Mais uma vez, Temer prejudica os(as) servidores(as) federais

Geral - CTB Geral - Postada 05 de Abril de 2018
O presidente Michel Temer e sua base aliada encerraram, de vez, a proposta de negociação coletiva para os servidores públicos brasileiros, em desacordo aos interesses da categoria.A regulamentação da negociação coletiva e do direito à greve era algo esperado pelos servidores desde a Constituição de 1988. 
 
O projeto, abortado por Temer, propunha que a negociação coletiva seria a regra permanente de solução de conflitos no serviço público, abarcando órgãos da administração direta e indireta (autarquias e fundações), de todos os poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário), além do Ministério Público e da Defensoria Pública.
 
Pelo projeto, a negociação poderia tratar de todas as questões relacionadas ao mundo do trabalho, como plano de carreira, criação de cargos, salário, condições de trabalho, estabilidade, saúde e política de recursos humanos. A abrangência da negociação seria definida livremente pelas duas partes. Poderia, por exemplo, envolver todos os servidores do estado ou município ou de apenas um órgão.
 
No Senado Federal, o veto tinha sido derrubado por 44 votos. Na Câmara, eram necessários 257 votos, mas apenas 236 deputados optaram pela derrubada.
 
Para João Paulo Ribeiro (JP), secretário do Serviço Público e dos Trabalhadores Públicos da CTB, o veto coloca Temer como o inimigo número 1 dos servidores públicos federais. "Os(as) trabalhadores(as) devem punir nas urnas os(as) deputados(as) e os partidos políticos que referendaram o veto, se colocando contra os interesses dos(as) servidores(as)", afirma.
 
Para ele, o PL 3831 seria o primeiro passo para que os servidores fossem respeitados como trabalhadores. "A constituição nos deu o direito de nos organizarmos, mas não temos a lei porque nenhum governo criou. O veto mostra o quanto esse governo está conseguindo destruir o serviço público. Quem quer destruir o serviço público não tem o interesse de regularizar o serviço público", criticou. 
 
Veja os partidos que orientaram as bases a votarem a favor do veto: PP, PEN, Pode, Avante, PMDB, PRB,PPS, PHS, PSC e PV.

  whatsapp  

Últimas notícias de CTB Geral

Mais de 40% dos brasileiros até 14 anos vivem em situação de pobreza

Geral - CTB Geral Postada 25 de Abril de 2018

CTB Bahia convoca população para ato no dia 1º de Maio em Salvador

Geral - CTB Geral Postada 25 de Abril de 2018

CTB faz reunião com sindicatos filiados nessa sexta-feira

Geral - CTB Geral Postada 05 de Abril de 2018

IMPOSTO SINDICAL: TRT-BA dá vitória ao Sindicato dos Mineradores de Brumado

Geral - CTB Geral Postada 05 de Abril de 2018

Em mais de 100 casos, Justiça delibera a favor de contribuição sindical

Geral - CTB Geral Postada 05 de Abril de 2018
Ver todas as Notícias de CTB Geral

Enquete

Qual a pior proposta do Temer?


Resultado

Charges

Temer acelera desmonte dos bancos públicos Postada 11 de Outubro de 2017 Charge do Sindicato dos Bancrios de So Paulo Ver todas as charges

Facebook



Rua Democrata,18, 1º andar, Dois de Julho - Salvador -Bahia. CEP. 40060-107.
© Copyright CtbBahia - Todos os direitos reservados - imprensa@ctbbahia.org.br
Tel (71) 3012-5390